Notícia

Tecnologia para RH

30/06/2020 - 12h41

Apenas 3% dos RHs brasileiros já passaram por transformação digital, segundo a APdata

A boa notícia é que a maioria – 73% – está em algum ponto desse processo

 

Em meio à discussão sobre como será o mundo dos negócios pós-pandemia, poucas empresas brasileiras têm todos os meios digitais para fazer essa migração. Na verdade, esse número é bem pequeno, segundo uma pesquisa da APdata, realizada entre novembro de 2019 e fevereiro, com 106 líderes de Recursos Humanos.

 

Os dados mostram que apenas 3% das organizações do país passaram por uma transformação digital. São aquelas que possuem suas estruturas de software de Recursos Humanos na nuvem ou utilizam tecnologias como inteligência artificial (IA) e automação.

 

A maioria dos RHs entrevistados – 73% – está em algum ponto da transição digital, ou seja, quando alguns processos permanecem manuais, enquanto outros já são digitais. Desses, 47% já adotaram inclusive algumas tendências de transformação digital, como a implementação de portais de RH, plataformas e processos automatizados, como assinatura de ponto eletrônica pelos funcionários.

 

Outras 22% contam apenas com sistemas internos para folha de pagamento e registro de ponto, com a maior parte das tarefas ainda manuais, como mensurações básicas de produtividade e atividades do dia a dia, que exigem a presença física no escritório.

 

Para Paulo Oliveira, coordenador de Marketing da Apdata, a pandemia fez com que mais empresas percebessem a realidade demonstrada na pesquisa. "Antes da crise, havia um processo tímido de percepção do RH como um lugar estratégico para as organizações. Agora, no meio dela, ficou mais claro o quanto esse processo de transformação digital da área é fundamental não apenas para que as operações continuem no mesmo ritmo, mas para as empresas entrem no mundo pós-Covid prontas para as mudanças que o mercado vai exigir", diz.

 

Ele completa acrescentando ser importante que o RH direcione os projetos de transformação digital das suas organizações, porque ele está no centro da discussão do futuro próximo.

 

Outros dados da pesquisa apontam para o status da transformação digital nas empresas: 74% delas ainda não usam inteligência artificial e 16% possuem algumas ferramentas com esse conceito. Por fim, quatro em cada dez lideranças (40%) dizem que não estão familiarizadas com o assunto. "Nosso desafio será apontar caminhos para a transformação digital das empresas, porque, se por um lado há um processo lento nessa direção, por outro, a gente já percebe que a pandemia fez com que elas entendessem a importância de implementá-la", finaliza Oliveira.