Notícia

Tecnologia para RH

07/11/2016 - 11h00

NetMove completa 20 anos de mercado e se consolida como principal referência em move management no Brasil

Fundada em 1996, a NetMove é a única empresa do Brasil direcionada exclusivamente para a prestação de serviços de move management. O serviço consiste em gerenciar todo o processo de mudança de um cliente, desde a vistoria dos bens na residência de origem, até a entrega efetiva na cidade final de destino.

 

Idealizada pelo empresário Arnaldo Petarnela, a empresa nasceu da percepção de oferecer ao mercado brasileiro melhores serviços logísticos e de informações corretas para os procedimentos de mudanças.

 

O executivo iniciou a sua trajetória profissional aos 16 anos, já em uma empresa de mudanças. Ao longo da carreira, atendeu grandes companhias e percebeu que, sempre, a principal demanda nas ações de mudanças, principalmente  as internacionais conduzidas pela área de Recursos Humanos das empresas, era pelo gerenciamento dos processos, com real conhecimento que agregasse valor e economia para as empresas.

 

“Uma mudança internacional envolve muito mais que logística. Envolve e requer muita informação e conhecimento. Há particularidades em qualquer país do mundo, e conhecer as legislações aduaneiras e os procedimentos faz toda a diferença”, afirma o executivo.

 

Em 1996, muito familiarizado com a burocracia envolvida na transferência dos bens de executivos para outros países, Petarnela conheceu nos Estados Unidos o conceito de move management e decidiu começar um negócio.

 

“O conceito de move managament sempre foi muito forte em outros países, mas, aqui no Brasil, até aquele momento, não existia nenhuma empresa focada neste tipo de serviço. Para a família, o procedimento de uma mudança para outra cidade ou país por si só já é um processo bastante desgastante e que consome muita atenção e dedicação das áreas de RH das empresas. Queremos ajudar a tornar tudo mais ágil e fácil, garantino que, ao chegar ao novo endereço, o cliente tenha seus objetos pessoais à disposição, sem ter que se preocupar com a burocracia da transferência”, reitera.

 

Em 2011, para gerar sinergias e também oferecer o serviço operacional, foi criada a AlphaMove, empresa do grupo focada especificamente em logística. “Com a AlphaMove, passamos a oferecer os serviços de embalagem e de transportes das mudanças, ampliando os nossos serviços. Conseguimos com isso diminuir as ocorrências de avarias nas mudanças”, explica.

 

Com foco em clientes corporativos e pessoas físicas, a NetMove tornou-se referência no segmento. Ao longo de 20 anos, construiu uma ampla rede de parceiros ao redor do mundo, com capacidade para atender todos os tipos de demandas de importação ou exportação de executivo. Atualmente, com sede em Osasco (SP), oferece também serviços de armazenagem e até ajustes e/ou revisão da política de expatriados.

 

Em parceira com o Instituto Ethos, a empresa conta com uma ação de responsabilidade ambiental para a promoção de ações em prol ao meio ambiente. “Em toda mudança há uma utilização grande de caixas de papelão e de outros materiais necessários para embalagem. Pensamos em uma forma de reutilizar estes materiais em nossos processos. Assim, há cerca de três anos, criamos o selo EcoMove para mudanças locais”, conta o executivo.

 

“Reutilizamos algumas das embalagens de mudanças internacionais em perfeito estado de conservação e de resistência, sem comprometer a qualidade dos nossos serviços. O cliente que participa do programa é reconhecido com preços menores para os serviços, além de receber um certificado de participação. E o meio ambiente agradece”, explica.

 

No ano de 2015, apesar da crise, a empresa ultrapassou a marca de 1.100 mudanças realizadas. A expectativa de Petarnela é de que esses números sejam ainda melhores em 2016. “O atual cenário da nossa economia fez com que menos executivos estrangeiros viessem para o País. Em contrapartida, percebemos um aumento na quantidade de brasileiros se mudando para outros países e mais estrangeiros sendo repatriados”, finaliza o executivo.