Notícias / Oportunidades

No ABC, empresa de ônibus se destaca por dar oportunidades a deficientes mentais

08/01/2014

Guilherme Mendonça, de 19 anos, trabalha no Centro de Controle Operacional da Metra, empresa de ônibus de São Bernardo do Campo, na região do Grande ABC, em São Paulo. Sua função é liberar a entrada e saída dos ônibus da garagem da empresa. Mas, antes disso, ele trabalhou na área da limpeza, quando foi contratado pelo programa de inclusão social desenvolvido pela empresa. Hoje, assim como ele, aproximadamente 30 deficientes mentais trabalham na Metra.

“Assim que ele começou a trabalhar aqui, percebemos que ele tinha algumas habilidades que podiam ser desenvolvidas. Passamos, então, a incentivá-lo e a treiná-lo para este novo desafio. Ele correspondeu muito bem e, justamente, mereceu a promoção. Com isso, conquistou ainda mais o respeito e a admiração de todos que trabalham com ele”, conta Maria do Rosário, pedagoga contratada pela Metra, responsável pelo programa de inclusão social com os deficientes mentais.

Os homens são maioria neste grupo e, geralmente, essas pessoas começam a trabalhar na Metra na área da limpeza. “Mas, como aconteceu com o Mendonça, outros também acabam sendo deslocados para outras áreas, quando notamos essas aptidões”, afirma Maria. Ela diz que há deficientes mentais trabalhando nas áreas de comunicação, informática e administrativa da empresa, entre outras. “O comprometimento e a responsabilidade com o trabalho são as principais qualidades entre eles”, completa.

Ela diz que muitos deficientes mentais são indicados por parentes e amigos dos próprios funcionários da Metra, que já conhecem o programa de inclusão social desenvolvido pela empresa. “Mas oferecemos oportunidades também para outros que se candidatam, mesmo que não sejam indicados por alguém”, garante a pedagoga. No entanto, para ser selecionado é preciso que o currículo seja enviado pelo site da empresa (www.metra.com.br), clicando em “Trabalhe Conosco”.

“Gosto do que eu faço e de também poder ajudar meus pais com o salário que eu ganho aqui na Metra”, diz o jovem Mendonça, que já trabalha na empresa há um ano e meio. Satisfação que é também vivida por Marcelo de Oliveira, de 25 anos, que faz parte do programa de inclusão da empresa. “Acho muito feio quem tem preconceito. Não tem nada a ver isso”, alerta Oliveira, que nunca havia trabalhado antes e, hoje, é um dos responsáveis pela limpeza dentro da Metra. Por enquanto...


Sobre a Metra

Empresa do ABC Paulista com uma frota de 270 ônibus, que transportam cerca de 7,5 milhões de passageiros por mês, pelos 33 km do Corredor ABD (São Mateus-Jabaquara e Diadema-Berrini) – sendo 30 km exclusivos para o uso dos ônibus da empresa. Toda a operação da Metra abrange nove terminais, 110 paradas e 11 linhas que atendem passageiros das zonas Sul e Leste de São Paulo e também das cidades de Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema.

 

 

Compartilhe